A Secretaria de Saúde do Estado (SES-PE) recebeu os representantes dos médicos veterinários e profissionais de Educação Física, e marcou duas reuniões para discutir a inclusão das categorias nos grupos prioritários de recebimento da vacina contra a Covid-19, pleito que vem sendo reivindicado por esses profissionais. A demanda foi recebida pelo chefe de gabinete da secretaria, Eduardo Florio, após uma carreata realizada pelos dois grupos na manhã desta quarta-feira (19).

No acolhimento, a SES-PE informou ao grupo de veterinários que já enviou um ofício para o Ministério da Saúde requisitando a priorização da categoria no recebimento da vacina. Na ocasião, também foi marcada uma reunião com as entidades que representam a categoria para a próxima segunda-feira (24), às 10h, momento em que possivelemente a resposta do governo federal será repassada para o grupo.  

“Ficamos de ter essa conversa na segunda-feira e ele (chefe do gabinete) disse que já tinha encaminhado um ofício ao Ministério da Saúde para poder disponibilizar as vacinas para os médicos veterinários, mas que ainda não tinha tido retorno”, explicou a presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Pernambuco (CRMV-PE), Elisa Araújo. 

“Mais de 50% da nossa categoria trabalha em clínica médica e a vacinação já foi liberada para os profissionais que estão dentro dos serviços públicos. Mas para a gente é importante que esses profissionais que trabalham nas clínicas sejam vacinados, porque não tiveram parada durante a pandemia, foram considerados serviços essenciais. Eles não lidam só com animais, mas com o instrutor também”, completou. 

Apesar de áreas distintas, a situação dos profissionais de Educação Física é semelhante. De acordo com a Diretora da Associação dos Profissionais de Educação Física de Pernambuco, Liana Lisboa, a reunião da categoria foi marcada para o mesmo dia, sendo que às 11h.

“Somos profissionais de saúde assim como as demais elencadas por lei federal. Trabalhamos com equipes multidisciplinares no espaços hospitalares, da atenção secundária e terciária, em ILPs, clínicas, praias, parques, na casa das pessoas e precisamos estar imunizados para cuidar da saúde, da promoção da saúde, das pessoas”, enfatizou Liana Lisboa. 

A representante dos profissionais de Educação Física expressou confiança nos próximos passos visando a imunização geral da categoria. “Muitos colegas em municípios de Pernambuco foram vacinados, em outros estados também. Estamos confiantes que a Secretaria de Saúde de PE vai se sensibilizar e ser expedita em articular e providenciar a imunização para todos os Profissionais de Educação Física”, concluiu.