Agosto é considerado o mês da conscientização contra a Leishmaniose. A doença atinge animais e humanos através da picada do mosquito-palha, presente em regiões quentes e úmidas.

A campanha do Agosto Verde alerta sobre os perigos da doença, prevenção e cuidados no caso da contaminação. O animal infectado pode não apresentar sintomas, mas ainda assim transmitir a doença, ou pode manifestar vários sinais clínicos como: perda de peso, queda de pelos, crescimento exagerado das unhas,entre outros.

Apesar de atualmente existir tratamento aprovado pelo Ministério da Saúde a Leishmaniose ainda não tem cura parasitológica e acomente cães, gatos e humanos. A melhor opção é a prevenção com coleiras repelentes para cães e gatos e a vacina para cachorros.